top of page

Um comércio ilícito no Brasil está enviando pequenos pássaros canoros para suas mortes, Yale E360

Atualizado: 29 de jun. de 2021

A Dra Juliana Machado Ferreira concedeu entrevista para o Jornal Eletrônico da Yale School of the Environment, o Yale Enviroment 360 - Yale E360 na reportagem "Um comércio ilícito no Brasil está enviando pequenos pássaros canoros para suas mortes." por Jill Langlois.


O artigo fala sobre o tráfico de pássaros silvestres da espécie canário da terra para serem usados em brutais rinhas. Ilegal e violenta, as rinhas levam os passarinhos ao sofrimento e à morte. As lutas são provocadas com os pássaros dentro de gaiolas, sem possibilidade de fugo, como ocorreria na natureza. Os rinheiros ainda afiam os bicos das aves e podem inclusive colocar ganchos de metal em uma das pernas dos pequenos animais.


“Vimos apreensões de subespécies de outros países e depois soltas em uma unidade de conservação no Brasil”, diz Ferreira. “Os descendentes de cruzamentos entre as espécies locais e as espécies invasoras são maiores, dando-lhes uma vantagem competitiva sobre as espécies locais.” - Juliana Machado Ferreira Mestre e Doutora em Biologia (Genética) e Diretora Executiva da Freeland Brasil.

No Brasil os canários da terra são retirados de diversos estados brasileiros e vendidos em grandes centros como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Além disso, animais de subespécies canários da terra de outros locais da América do Sul estão sendo vendidos no Brasil. Canário da Terra é a espécie mais apreendida no Brasil, segundo os dados do Ibama. No Brasil, os animais apreendidos do tráfico passam por centros de reabilitação antes de serem devolvido à natureza, mas as diretrizes de soltura segura de espécies silvestres nem sempre são seguidas e muitas vezes híbridos (descendentes de cruzamentos entre as espécies locais e as espécies invasoras) acabam sendo introduzidos na natureza.


Leia a reportagem completa em https://e360.yale.edu/features/an-illicit-trade-in-brazil-is-sending-tiny-songbirds-to-their-deaths


A Freeland Brasil é uma organização brasileira, sem fins lucrativos, cuja missão é a conservação da biodiversidade através do combate ao tráfico de espécies silvestres. A Freeland Brasil trabalha por um mundo sustentável e livre do tráfico de espécies silvestres. Nossa missão é a conservação da biodiversidade através do combate ao tráfico de espécies silvestres, usando uma abordagem de três pilares interdependentes: educação, capacitação e política.

A Freeland Brasil, fundada em 2012, é o braço sul-Americano da Freeland Global (freeland.org), uma respeitada organização internacional de combate ao tráfico de espécies silvestres e de pessoas. A Freeland Global trabalha com governos para proteger comunidades humanas e vida silvestre vulneráveis do crime organizado e da corrupção.



35 visualizações0 comentário
bottom of page