PUBLICAÇÕES



Entre os dias 14 de 27 de Dezembro de 2020, as ações de combate ao tráfico de fauna divulgadas na mídia indicam que ao menos 521 animais foram alvo de caça e pesca ilegais. Deste total, 483 animais vivos foram apreendidos. Os subprodutos das atividades ilegais somaram carcaças e/ou partes de pelo menos 38 outros animais, além de 83 Kg de carne de caça e 11.830 Kg de pescado ilegal. No total, foram identificadas pelo menos 42 espécies da fauna silvestre nativa, sendo que 230 das aves apreendidas não tiveras suas espécies identificadas.


Neste período, foram registradas 30 ocorrências em 16 estados brasileiros. As ações mobilizaram 40 órgãos governamentais, somando mais de R$ 130.223,52 em multas emitidas.


AUTUANTES NAS APREENSÕES

Órgãos que atuaram em coordenação:


Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) de Santo Antônio do Leverger - MT Secretaria de Estado de Meio Ambiental - MT Delegacia Estadual de Meio Ambiente - MT


Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) - RN Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) de Natal - RN


Grupo de Proteção Ambiental (GPA ) da Guarda Municipal de Balneário Camboriú - SC Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM) de Balneário Camboriú - SC


Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) - AL Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) - AL Polícia Militar Ambiental (PMA) - AL


Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) - CE Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) de Fortaleza - CE Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) de Fortaleza - CE Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) de Fortaleza - CE


Polícia Militar (PM) de Bom Jesus da Serra - BA Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) de Bom Jesus da Serra - BA


Órgãos que autuaram de forma independente:


4ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (PMA) de Presidente Kennedy - ES

Associação Riograndense de Proteção ao Meio Ambiente e aos Animais (ARPA) de Veranópolis - RS

Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAMB) de Manaus - AM

Polícia Militar (PM) de Manaus - AM

Guarda Municipal de Itatiba - SP

Polícia Civil da 2° Regional de Rio Branco - AC

Polícia Civil de Santa Catarina

Divisão de Investigação Criminal de Joinville - SC

Polícia Militar Ambiental (PMA) - PR

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Americana - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Angatuba - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Matão, SP (Operação "Força Ambiental")

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Orindiúva - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Sorocaba, SP (Operação "Força Ambiental")

Polícia Militar Ambiental de Osvaldo Cruz - SP

Polícia Militar de Meio Ambiente (PMA) de Coronel Fabriciano - MG

Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA) de Patos de Minas - MG

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bento Gonçalves - RS

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Itabaiana - SE

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Pelotas - RS

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Porto Velho - RO

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Ribeira do Pombal - BA

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Vitória da Conquista - BA

Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Óbidos - PA



Para ver as notícias sobre o tráfico de fauna divulgadas neste período, clique aqui.



O Observatório do Tráfico faz um levantamento quinzenal das ações de combate à coleta, manutenção e comércio ilegal de fauna silvestre no Brasil. Seu objetivo é contribuir para a conscientização sobre esse grave problema e também mostrar o trabalho intenso e incansável de diferentes instituições de fiscalização e aplicação da lei.

Os dados recolhidos pelo Observatório do Tráfico são das ações que foram noticiadas pela mídia.

É importante ressaltar que muitos animais comercializados ilegalmente não são detectados e apreendidos. Além disso, nem todas as ações de combate ao tráfico de fauna são noticiadas e, portanto, acabam não sendo incluídas na compilação do Observatório.


37 visualizações0 comentário

Entre os dias 30 de Novembro e 13 de Dezembro de 2020, as ações de combate ao tráfico de fauna divulgadas na mídia indicam que ao menos 1236 animais foram apreendidos de caça e pesca ilegais. Deste total, 1141 animais vivos foram apreendidos. Além de subprodutos das atividades ilegais como carcaças e/ou partes, foram apreendidos 6000 Kg de pescado de pelo menos 4 espécies silvestres. Entre as ações, houve também a apreensão de espécies silvestres exóticas. No total, foram identificadas pelo menos 68 espécies da fauna silvestre, sendo que 533 das aves apreendidas não tiveram suas espécies identificadas.




36 ocorrências, 8 em coordenação de autuantes.


AUTUANTES NAS APREENSÕES

Órgãos que atuaram em coordenação:

Batalhão Ambiental (BPA) - AL

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) - AL

Instituto do Meio Ambiente (IMA) - AL


Polícia Civil de Batayporã - MS

Polícia Militar Ambiental de Batayporã - MS


Juizado Volante Ambiental (Juvam) de Rondonópolis - MT

Polícia Militar de Proteção Ambiental e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) - MT


Polícia Civil Nova Canaã do Norte - MT

Polícia Militar de Nova Canaã do Norte - MT


Polícia Militar Ambiental (PMA) de Osasco - SP

Polícia Civil de Osasco - SP


Operação Urutau 2

Polícia Federal SR SP

Ministério Público Federal

Secretaria Municipal do Meio Ambiente de São Paulo - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) - MS

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)


Operação Urutau 2

Polícia Rodoviária Federal (PRF) - PR

Polícia Federal (PF) - PR

Polícia Militar (PM) - PR

Polícia Civil (PC) - PR

Departamento Penitenciário - PR

Guardas Municipais - PR

Receita Estadual - PR

Receita Federal


Polícia Militar Ambiental (PMA) de Mongaguá - SP

Polícia Federal (PF) - SP

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) - SP


Órgãos que autuaram de forma independente:

3° Unidade Polícia Ambiental (UPAM) de Cordeiro - RJ

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Marília - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Teodoro Sampaio - SP

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Patros de Minas - MG

Polícia Civil de Arapiraca - AL

Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Carmópolis de Minas - MG

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) - Base Arpão de Coari - AM

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) de Santarém - PA

Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA) - MG

Policiamento do Semiárido - PI

Comando da Polícia Ambiental (CPA) - PI

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Campinas - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Bauru - SP

35ª Delegacia de Polícia de Sobradinho 2 - DF

Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF)

Polícia Militar de Meio Ambiente de Presidente Olegário - MG

Polícia Rodoviária Estadual - RJ

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)

14ª Delegacia de Polícia (Gama) - DF

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Lagoas - MS

Grupo Tático Ambiental (GTam) - PB

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Linhares - ES

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Tietê - SP

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Mundo Novo - MS

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Ribeirão Preto - SP

Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) de Santa Rita - PB

Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Passo Fundo - RS

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Naviraí - MS

Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) de Hidrolândia - CE


Menção honrosa

+ 200 animais apreendidos

Operação Urutau 2


+ 355 animais apreendidos

Batalhão Ambiental (BPA) – AL

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) - AL

Instituto do Meio Ambiente (IMA) - AL

+ 170 animais apreendidos

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Osasco - SP

Polícia Civil de Osasco – SP


Para ver as notícias sobre o tráfico de fauna divulgadas neste período, clique aqui:

Noticias_Observatório_17Dez20
.pdf
Download PDF • 56KB


O Observatório do Tráfico faz um levantamento quinzenal das ações de combate à coleta, manutenção e comércio ilegal de fauna silvestre no Brasil. Seu objetivo é contribuir para a conscientização sobre esse grave problema e também mostrar o trabalho intenso e incansável de diferentes instituições de fiscalização e aplicação da lei.

Os dados recolhidos pelo Observatório do Tráfico são das ações que foram noticiadas pela mídia.

É importante ressaltar que muitos animais comercializados ilegalmente não são detectados e apreendidos. Além disso, nem todas as ações de combate ao tráfico de fauna são noticiadas e, portanto, acabam não sendo incluídas na compilação do Observatório.

66 visualizações0 comentário
  • freelandbrasil

Juliana M Ferreira, diretora-executiva da Freeland Brasil concedeu entrevista para o Jornal Joca, com equipe infanto juvenil feito para o público infanto juvenil.


Entrevistada pela repórter mirim Sofia, de 8 anos, Juliana falou sobre sobre sua trajetória pessoal, o trabalho da Freeland Brasil no combate o tráfico de animais, sobre como e porque os animais são retirados da natureza, as consequências deste crime e ainda como podemos ajudar os animais.


Veja a página da revista com a reportagem completa.

Leia também a versão online https://www.jornaljoca.com.br/reporter-mirim-em-defesa-dos-animais/

108 visualizações0 comentário

por um mundo livre do tráfico de espécies silvestres.

SIGA-NOS

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle

Freeland Brasil

Rua Cerro Corá, 550 - sala 19 | Alto da Lapa | Sao Paulo, SP

@2020 | Todos os diretos reservados.